Procure o seu conforto

Olá Doçuras!

domingo, 1 de setembro de 2013

Uma historia sobre fios de cabelo caídos.

Aconteceu em um dia em que eu estava estudando na biblioteca da faculdade, me veio o pensamento mais loucamente poético sobre a minha vida, tenho a velha mania distraída de pegar no cabelo,  fui passando a mão por entre os fios que iam caindo como sempre, foi então que eu percebi, eu me desmancho, por onde eu passo vou deixando um pouco de mim, do que eu sou, um pouco da minha historia, por causa desse meu cabelo que insiste em cair tanto.  Talvez cabelo seja feito por isso, pra ficar nos lugares que você quer ficar  mas não pode, talvez a razão do meu cabelo sempre cair tanto seja essa, já que eu não posso ficar inteira, todo cantinho tem um pedacinho meu.  Pensei, se algum dia no futuro (se for possível) alguém achar os fios do meu cabelo que caíram na biblioteca, vão saber que eu passei por ali,  mesmo que eu ja esteja longe sempre vou estar por perto, porque esse pedaço de mim vai viver, vai ser difícil apagar do mundo a existência de alguém que deixa um pedaço seu em todo lugar. Talvez a morte não exista ou talvez essa seja uma maneira de morrer diariamente em cada pedaço de mim que se desprende do meu corpo, mas eu prefiro pensar na versão bonita, um fio de cabelo perdido não morre, ele vai embora para dar lugar aos outros que virão, até chegar o dia em que não virão mais outros e os que caíram pensando ser o fim, na verdade serão os que vão estar em algum lugar contando a minha historia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário